Connect with us

Ásia

Golpe em Mianmar: polícia mata ao menos 18 manifestantes

Domingo foi o dia mais sangrento desde a instituição do golpe em 1° de fevereiro: 18 pessoas morreram

Ady Ferrer

Published

on

Os protestos contra o golpe em Mianmar, instituído em 1° de fevereiro, continuaram e a polícia usou armas de fogo hoje, 28. Foram confirmadas, pelas Nações Unidas,18 mortes e 30 feridos no país somente hoje, sendo o dia mais sangrento desde o início dos confrontos.

Em Yangon, maior cidade do país, a polícia usou granadas de efeito moral e gás lacrimogêneo para tentar dispersar a multidão. Logo em seguida, passou a atirar com balas reais.

Mais cedo, na mesma cidade, professores protestaram e foram atingidos com granadas de efeito moral. A professora Tin New Yee morreu de ataque cardíaco, segundo sua filha. Outro protesto de médicos, ainda em Yangon, terminou com 50 presos.

As forças de segurança também usaram balas reais em Dawei, no sul do país, matando 3 pessoas. Outras 2 foram mortas na segunda maior cidade do país, Mandalay. Na cidade central de Bago, os serviços de emergência confirmaram 2 mortes.

Segundo o canal de televisão estatal MRTV, 479 pessoas foram presas apenas no sábado.

Ao todo, 20 manifestantes já morreram em decorrência dos conflitos nas ruas. O Exército confirma a morte de 1 policial.

Enviado à ONU demitido

O enviado à ONU Kyaw Moe Tun pediu para que as Nações Unidas usassem “de todo meio necessário” para reverter o golpe, na sexta-feira, 26. Ele acusou o governo de ser ilegal e inconstitucional. No sábado, 27, Moe Tun foi demitido por “traição ao país“.

*com informações de Reuters, [2] e Al Jazeera

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X