Connect with us

América Latina

Ministro da Saúde do Equador renuncia após escândalo

Ministro, investigado por tráfico de influência, admitiu que priorizou seus familiares na vacinação.

Karla Burgoa

Published

on

O ministro da Saúde do Equador, Juan Carlos Zevallos, renunciou ao cargo na sexta-feira (26), anunciou o presidente Lenín Moreno em meio a um escândalo sobre o fornecimento da vacina contra coronavírus para pessoas distantes da luta contra a doença.

 “Há quem só veja erros.  Eu respeito essa opinião. Prefiro lembrar o ministro que aceitou a difícil tarefa de administrar a saúde do país na pior crise de saúde que o Equador e o mundo vivem, e que com trabalho e sacrifício ajudou a salvar centenas de milhares de vidas ”, disse o presidente no Twitter.

Em carta divulgada pelo governante no final de sua mensagem, Zevallos apresentou sua renúncia irrevogável ao cargo que ocupou por onze meses “dada a atual conjuntura política, e para permitir a continuidade” do plano de vacinação, iniciado em janeiro.

O governo Moreno enfrenta muitos questionamentos por causa dos atrasos na importação da vacina.

O país exige que “o governo nacional responda à incompetência que tem demonstrado para enfrentar a crise de saúde”, afirmou a Ouvidoria em nota.

Zevallos, um médico e professor que presumiu o pior da pandemia no Equador, é investigado por suposto tráfico de influência depois que vários de seus parentes, incluindo sua mãe de 87 anos, foram vacinados com as primeiras doses importadas pelo governo.

O Ministério Público abriu o inquérito contra denúncias de diversos setores.

Desde janeiro, o Equador recebeu quase 42.000 doses da Pfizer-BioNTech para imunizar pessoal médico de primeira linha, bem como lares de idosos, de acordo com o plano do governo, que assumia exclusivamente a compra da vacina.

Zevallos, que também pode sofrer impeachment pela Assembleia Nacional, admitiu que “vários” de seus parentes receberam a dose, gerando críticas até mesmo da equipe médica.

*com informações de Canal N e Infobae

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X