Connect with us

Ásia

Primeiro-Ministro da Armênia denuncia golpe de estado

Exército pediu a renúncia do Primeiro-Ministro pelo conflito com o Azerbaijão no ano passado

Ady Ferrer

Published

on

O Primeiro-Ministro da Armênia, Nikol Pashinyan, denunciou que o Exército do país estaria planejando um golpe de estado ao pedir para que ele renuncie. Hoje, 25, o Exército lançou uma nota pedindo sua renuncia:

“O gerenciamento inefetivo do governo atual e seus erros sérios na política externa colocaram o país a beira de um colapso” – disse

Na nota, o Exército não deixa claro se pretende usar da força para retirar o Primeiro-Ministro do poder. No entanto, Pashinyan pediu para que seus apoiadores tomassem as ruas em live no Facebook:

“O problema mais importante agora é manter o poder nas mãos do povo, porque eu considero o que está acontecendo um golpe militar”

E foi o que aconteceu. Na capital, Yerevan, aviões militares acompanharam o protesto em vôos baixos:

Pashinyan vem recebendo pedidos de renuncia desde novembro pelo conflito entre o país e o vizinho Azerbaijão pela região de Nagorno-Karabakh, ou Alto Carabaque. A região é considerada pela comunidade internacional como parte do Azerbaijão, mas é ocupada majoritariamente por armênios. O conflito durou 6 semanas e o Primeiro-Ministro recebeu críticas por lidar de forma não efetiva com o problema. Pashinyan diz reconhecer o erro, mas que precisa garantir a segurança da Armênia.

Na live, o Primeiro-Ministro também afirmou que demitiu o chefe das Forças Armadas, ação que ainda necessita da aprovação do presidente, Armen Sarkissian.

O presidente de Nagorno-Karabakh, Arayik Harutyunyan, se ofereceu para ser o mediador entre as negociações de paz:

“Nós já derramamos sangue suficiente. É hora de superar as crises e seguir em frente. Eu estou em Yerevan e estou pronto para me tornar o mediador para superarmos essa crise política”

A Rússia, aliada do país, diz estar em alerta e pede que todos os lados resolvam a situação de forma pacífica e dentro da Constituição. O país tem uma base militar na Armênia.

*com informações de Reuters

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X