Connect with us

Ásia

Covid-19: Malásia inicia campanha de vacinação

Primeiro-Ministro foi o primeiro a tomar a vacina no país para garantir a segurança do imunizante

Ady Ferrer

Published

on

A Malásia começou hoje, 24, a sua campanha de vacinação contra a covid-19 com doses da Pfizer. O Primeiro-Ministro do país, Muhyiddin Yassin, foi a primeira pessoa a receber o imunizante, em uma campanha do governo para garantir a segurança das vacinas.

“Eu tenho confiança que essa vacina é segura e efetiva” – disse

Autoridades fizeram uma rodada de aplausos em homenagem aos profissionais em linha de frente, antes de um grupo de profissionais da saúde ser imunizado.

O país tem o objetivo de vacinar até 80% da sua população até fevereiro do ano que vem. A campanha será dividida em 3 fases: a primeira (até abril) inclui 300 mil médicos e 200 mil trabalhadores da linha de frente; entre abril e agosto, 9,4 milhões de pessoas dentro do grupo de risco serão imunizadas; e de maio até fevereiro de 2022, maiores de 18 anos sem comorbidades.

Malásia é um país com cerca de 32 milhões de habitantes, com cerca de 290 mil infectados e mais de mil mortes desde o início da pandemia. O governo confirmou que garantiu 66.7 milhões de doses do imunizante, sendo metade da Pfizer, e o resto dividido entre os fabricantes AstraZeneca, Instituto de Pesquisa Gamaleya (Rússia), Sinovac e CanSino (China).

*com informações de Reuters

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X