Connect with us

América Latina

Bolívia: Intimada pelo Ministério Público, Jeanine Anez se recusa a fazer declarações em julgamento por negligência

Além de ser acusada por negligência no tratamento da pandemia, também está sendo investigada pelo crime de prejuízo econômico, após ter conseguido irregularmente um empréstimo com o FMI

Karla Burgoa

Published

on

 Durante uma audiência na Promotoria Anticorrupção do Departamento de Beni na segunda-feira (22) Jeanine Añez, líder do regime golpista que governou a Bolívia de 2019-2020, se recusou a fazer declarações em um julgamento por negligência no tratamento a pandemia COVID-19.

“Eu vim ao Ministério Público com a intenção de não atrapalhar o processo, mas não fiz nenhuma declaração porque é meu direito constitucional”, disse Añez, que está em campanha eleitoral para o governo do departamento de Beni.

O seu advogado, Álvaro Coimbra, declarou que o início do processo penal contra Añez carece de base legal.

Em vez disso, o promotor deve iniciar um julgamento de “responsabilidade”, que deve ser previamente aprovado por dois terços do Parlamento.

Añez, que atualmente se encontra em campanha eleitoral para o governo do departamento de Beni, é acusada de não cumprir uma Resolução Constitucional que ordenava a entrega de equipamentos COVID-19, recursos humanos e suprimentos de biossegurança ao departamento de Chuquisaca.

Ela e vários membros de seu gabinete estão atualmente sob investigação pelo crime de dano econômico, após obterem irregularmente um empréstimo de US $ 347 milhões com o Fundo Monetário Internacional.

*com informações de Telesur

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X