Connect with us

Europa

Jornalistas na Bielorrússia são presas por gravarem protestos

As duas jornalistas gravaram protestos da sacada do apartamento que dividiam e foram consideradas culpadas de organizar manifestações contra o presidente

Ady Ferrer

Published

on

Bielorrússia condenou duas jornalistas do canal de televisão polonês Belsat que gravaram protestos contra o presidente Alexander Lukashenko. Katsiaryna Andreyeva, de 27 anos, e Darya Chultsova, de 23, foram presas em novembro. Elas foram consideradas culpadas de orquestrar as manifestações e sentenciadas a 2 anos de prisão. Ambas se declararam inocente e devem apelar da decisão.

Andreyeva e Chultsova gravaram protestos da sacada do apartamento que dividiam que surgiram após a morte de Roman Bondarenko, um manifestante. Segundo testemunhas, ele teria sido espancado até a morte por policiais.

Alexander Lukashenko é presidente da Bielorrússia desde 1994. Mais de 33 mil pessoas já foram presas por protestos que pedem sua saída do cargo, que começaram após as eleições de agosto de 2020. Opositores acusam Lukashenko de fraudar os resultados para estender sua permanência no poder.

Um outro jornalista vai ser julgado amanhã, 17, do jornal TUT.BY, que contradisse a informação do governo de que Bondarenko estava bêbado quando foi morto.

*com informações Reuters

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X