Connect with us

Brasil

Secretaria de Saúde do Piauí solicita que Ministério da Saúde inclua indígenas entre os grupos prioritários de vacinação

Karibuxi

Published

on

Determinação do Ministério da Saúde inclui apenas populações em áreas demarcadas, cerca de 1.300 indígenas se encaixam como grupo prioritário

A Sesapi (Secretaria de Estado de Saúde do Piauí) pediu, através de ofício, para que o Ministério da Saúde passe a incluir os povos indígenas do estado no calendário oficial da primeira fase de vacinação. O Ministério da Saúde apenas inclui na vacinação prioritária indígenas que vivem em territórios demarcados, excluindo aqueles que vivem em áreas urbanas ou em territórios em processo de reconhecimento e demarcação. A medida foi questionada e criticada por organizações indígenas e indigenistas. 

O Governo do Piauí reconhece, desde agosto do ano passado, nove comunidades indígenas, outras duas estão em processo de reconhecimento. Porém, o Governo Federal não as reconhece, e por conta disso ainda não foram vacinados. No total, são mais de 3 mil indígenas residentes nestas comunidades.

A Sesapi reconhece cerca de 1.300 indígenas que se encaixam como grupo prioritário, por terem comorbidades e/ou idade avançada. A Sesapi registrou 197 indígenas contaminados pela Covid-19 no Piauí. Segundo dados do Comitê de Vida e Memória Indígena, da Apib, duas mortes de indígenas foram registradas no estado. 

Comunicadora indígena. Povos indígenas e direitos indígenas. Idealizadora do @ProIndigenas e co-idealizadora do boletim #IndígenasECovid19

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X