Connect with us

Ásia

Golpe em Mianmar: Aung San Suu Kyi é acusada de importar rádios ilegais

Suu Kyi foi presa durante o golpe do dia 1° de fevereiro junto com outros líderes de seu partido

Ady Ferrer

Published

on

O golpe militar em Mianmar prendeu uma das mais proeminentes líderes políticas do país. O Exército acusou Aung San Suu Kyi de importar rádios tipo walkie-talkies de forma ilegal. A autorização para prendê-la por 15 dias por expedida e autorizada no mesmo dia do golpe.

Segundo a polícia, os walkie-talkies foram encontrados em uma operação de busca e apreensão em sua casa. Além de terem sido importados ilegalmente, ainda segundo a acusação, o segurança de Suu Kyi utilizou-os sem permissão.

Suu Kyi foi transferida para prisão domiciliar ontem, 2. O presidente do país, Win Myint, também foi preso na mesma operação. Ele é acusado de violar as restrições sanitárias contra o coronavirus.

*com informações de Sky News e The New York Times

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X