Connect with us

Ásia

Turquia tem protestos contra nomeação de reitor de universidade por Erdogan

Melih Bulu é o primeiro reitor escolhido fora da Universidade Bogazici desde 1980 e é do partido do presidente Erdogan

Ady Ferrer

Published

on

Opositores do presidente Tayyip Erdogan tomam as ruas da Turquia contra a escolha do presidente para reitor de uma das maiores universidades do país, a Universidade Bogazici. Os estudantes começaram a protestar no mês passado a nomeação de Melih Bulu, que já foi candidato pelo partido do presidente, o AK, para cargo no Parlamento em 2015.

Bulu é o primeiro reitor escolhido fora da universidade desde o golpe militar no país, em 1980. Estudantes e professores chamam a nomeação de antidemocrática e gritavam “a universidade é nossa“.

Eles também pediam a liberação de 4 pessoas que foram presas após postagens nas redes sociais em que misturavam símbolos islâmicos sagrados e símbolos de suporte às causas LGBTQI+. O Ministro do Interior, Suleyman Soylu, chamou esses 4 presos de “depravados”, enquanto Erdogan se vangloriou que os jovens do partido AK “não são LGBTs”.

Nos protestos de ontem, 1°, 159 pessoas foram presas por “não encerrarem os protestos em frente à Universidade Bogazici apesar de alertas”, disse o gabinete da presidência.

*com informações de Reuters

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X