Connect with us

América do norte

Membro do parlamento norueguês sugere que o movimento Black Lives Matter receba Prêmio Nobel da Paz

O Prêmio Nobel será anunciado no início do mês de outubro.

Nathália Rocha Matos

Published

on

Na última semana um membro do parlamento norueguês, Petter Eide, fez a indicação do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) para o Prêmio Nobel da Paz. Ele justifica a indicação por dizer que o movimento forçou outros países para além dos Estados Unidos olharem para o racismo dentro de suas sociedades.

“Eu acredito que um dos principais desafios que nós temos visto na América, mas também na Europa e na Ásia é o aumento de conflitos fundamentados na desigualdade”, disse Eide nos documentos para a indicação, de acordo com o The Guardian.

Além disso, ele também comenta sobre como o Black Lives Matter se tornou importante em todo o mundo como um movimento de luta contra a injustiça racial, principalmente por ter levantado globalmente a consciência sobre o tema.

Fundado nos Estados Unidos no ano de 2013, o movimento Black Lives Matter ganhou ainda mais audiência em 2020 após a morte de George Floyd. Na ocasião um policial branco permaneceu com o joelho sobre o pescoço de Floyd durante 8 minutos ignorando quando ele dizia que não estava conseguindo respirar.

O incidente gerou diversos protestos nos Estados Unidos que se espalharam por todo o mundo.

“Esse movimento se tornou um dos movimentos globais mais fortes que olham para a injustiça racial”, declarou Petter Eide para a AFP.

“Eles também se espalharam por diversos país desenvolvendo consciência e a importância de lutar pela injustiça racial”, ele constata.

Dezenas de milhares de pessoas, incluindo membros do parlamento e ministros de diversos países, vencedores de prêmios Nobel e acadêmicos reconhecidos, podem propor candidatos para os vários Prêmios Nobel. O prazo termina no domingo (31).

O Prêmio Nobel será anunciado no início do mês de outubro.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista com experiências acadêmicas nos diversos campos do jornalismo, audiovisual, mídia impressa e digital. Coordenadora de atividades da Associação dos Correspondentes Estrangeiros de São Paulo e Produtora de Conteúdo para a agência de consultoria NEXTT 49+.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X