Connect with us

América Latina

Bolívia recebera cerca de um milhão de vacinas contra covid-19 em fevereiro

O presidente Luis Arce Catacora anunciou neste sábado que as doses chegarão ao país em fevereiro.

Karla Burgoa

Published

on

Após a entrega das doses do Sputnik V nos departamentos de La Paz e Pando, o presidente Luis Arce informou neste sábado (30) que a Bolívia receberá em fevereiro cerca de um milhão de vacinas fornecidas pelo Mecanismo Global de Acesso a Vacinas (COVAX), cujo objetivo é acelerar de forma equitativa, segura e acesso efetivo a esta entrada.

“No mês de fevereiro receberemos quase um milhão de vacinas, estamos avançando, temos vacinas, temos esperança, vamos avançar”, disse o presidente em entrevista coletiva acompanhada pela ministra da Presidência, María Nela Prada e o Ministro da Saúde, Jeyson Auza.

Arce destacou que o governo realizou uma negociação exitosa com a Organização Mundial da Saúde (OMS) para priorizar o país na entrega e distribuição das doses das vacinas.

“Hoje posso dizer que recebemos a resposta ao trabalho realizado, que tem sido extremamente positiva, pois em fevereiro receberemos mais um grande número de vacinas para continuar lutando contra esse vírus”, disse.

No primeiro trimestre, Arce comprou mais de 15 milhões de doses entre Sputnik V, AstraZeneca / Oxford e Covax que chegarão gradativamente ao país com o objetivo de abastecê-lo de forma gratuita e voluntária à população.

As vacinas são uma solução estrutural para a COVID-19, que fazem a diferença em relação às medidas improvisadas implementadas pelo governo de Jeanine Áñez, que mergulhou o país numa profunda crise sanitária, económica e social, durante onze meses de gestão caracterizada por atos de corrupção.

*com informações de Bolívia Tv

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X