Connect with us

África

Novavax constata eficácia menor da vacina em nova variante da COVID-19

Os primeiros testes com a vacina da empresa na África do Sul contaram com apenas 4 mil voluntários, um contingente considerado pequeno, mas que já foi o suficiente para o laboratório dar início ao teste de vacinas voltadas a imunização contra a nova variante.

Nathália Rocha Matos

Published

on

ampoules with vaccine for coronavirus in blue light

Nesta quinta-feira (28), a Novavax, pequena empresa norte-americana que também vem desenvolvendo a vacina contra o coronavírus, divulgou que a eficácia do seu imunizante está em 90%. No entanto, quanto à variante que teve origem na África do Sul esse número é reduzido a 50%.

Há poucos dias os laboratórios Pzifer e Moderna já haviam se manifestado sobre suas vacinas contra a COVID-19 também serem menos eficazes na proteção à variante sul-africana. Essas informações têm sido reveladas simultaneamente ao alastramento desta nova cepa em diversos países, inclusive nos Estados Unidos seu primeiro registro foi no estado da Carolina do Sul.

Os resultados de eficácia da Novavax vieram após testes no Reino Unido, África do Sul, México e Estados Unidos. Com a aplicação de duas doses em 15 mil voluntários no Reino Unido a empresa confirmou um robusto resultado de imunização, o que não foi observado com a pequena amostra de voluntários que foram vacinados no país africano.

O presidente e CEO da Novavax comentou ao jornal New York Times que os pesquisadores esperavam que pudessem haver diferenças no nível de eficácia por conta das variantes, no então os resultados finais surpreenderam a todos.

Os primeiros testes com a vacina da empresa na África do Sul contaram com apenas 4 mil voluntários, um contingente considerado pequeno, mas que já foi o suficiente para o laboratório dar início ao teste de vacinas voltadas a imunização contra a nova variante.

Ainda assim o virologista John Moore elogiou os resultados por entender que uma eficácia de 50% não é tão boa quanto seria se tivesse 100% mas, definitivamente, se mostra melhor que 0%. Além disso, de acordo com os testes no Reino Unido, a vacina da Novavax se mostrou equivalente em eficácia as da Pfizer e Moderna.

Uma das principais diferenças entre as vacinas está na composição, enquanto a Novavax utiliza de métodos já comumente usados, Pzifer e Moderna vêm sendo pioneiras na produção de vacinas com a tecnologia de mRNA, sendo essas baseadas na inserção de um imunizante que ensina as células a sintetizarem uma proteína que estimula a resposta imunológica do corpo.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista com experiências acadêmicas nos diversos campos do jornalismo, audiovisual, mídia impressa e digital. Coordenadora de atividades da Associação dos Correspondentes Estrangeiros de São Paulo e Produtora de Conteúdo para a agência de consultoria NEXTT 49+.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X