Connect with us

Europa

Homem é condenado por cuspir em Jeremy Corbyn durante a primeira onda da pandemia

O Sr. Corbyn disse que o incidente, em 20 de maio do ano passado, o deixou “alarmado e angustiado com o comportamento agressivo demonstrado em relação a mim, em particular cuspir na minha cara”.

Nathália Urban

Published

on

Um homem cuspiu no rosto do ex-líder do Partido Trabalhista (Labour Party) Jeremy Corbyn durante a primeira onda da pandemia de coronavírus foi condenado em Londres.

O parlamentar de Islington North estava em um passeio de bicicleta com a esposa, Laura Alvarez, quando fez um gesto para permitir que Gerald Dore cruzasse na frente dele.

Em resposta, Dore, de 56 anos, lançou uma torrente de abusos contra o casal antes de cuspir na cara de Corbyn, conforme o Tribunal dos Magistrados de Westminster ouviu.

 O Sr. Corbyn disse que o incidente, em 20 de maio do ano passado, o deixou “alarmado e angustiado com o comportamento agressivo demonstrado em relação a mim, em particular cuspir na minha cara”.

 Alvarez, que capturou parte do incidente com as câmeras, disse temer mais violência de Dore devido ao comportamento dele.

 “As vítimas neste caso são Jeremy Corbyn e sua esposa, Sra. Alvarez”, disse o promotor Matt Barrowcliffe.

 “No dia 20 de maio de 2020, pela manhã, os dois estavam de bicicleta e chegaram à esquina da Estrada das Sete Irmãs.

 “O senhor Corbyn viu o réu, que não era conhecido dele, aparentemente prestes a atravessar a rua.  Ele fez um gesto para mostrar que podia atravessar.

 “O réu xijgou o Sr. Corbyn que disse que não há necessidade desse tipo de linguagem, mas o réu repetiu as palavras e ficou mais exaltado.

 “Ele começou a gritar e xingar agressivamente para ambas as partes, antes de finalmente dar um passo em direção ao Sr. Corbyn e cuspir em seu rosto.”

 O promotor acrescentou: “Um fator agravante grave é a cusparada durante a pandemia”.

 Dore, que mora em Holloway, em Islington, insistiu que não visou ao Sr. Corbyn devido à sua política, dizendo que ele não estava bem e sofria de dor de dente no dia, o que afetou seu humor.

 O tribunal disse que Dore tem uma série de condenações por violência, incluindo um ataque a um jornalista em Finsbury Park em 2017.

 “Cuspir em alguém em qualquer circunstância [é ruim], mas fazê-lo em um momento em que as taxas de infecção eram muito altas era uma coisa particularmente séria de se fazer”, disse o juiz do caso.

 “A falha nisso foi inteiramente sua, ele achou que você queria atravessar a rua então parou para deixar você fazer isso.

 “Em troca, ele recebeu uma enxurrada de abusos de sua parte, assim como a Sra. Alvarez.

 “Aceitei que ele não era seu alvo, foi um encontro casual, mas você agiu da maneira que agiu sem nenhum motivo.”

 Dore, que admitiu agressão e crime à ordem pública, foi condenado a 80 horas de serviço comunitário e 30 dias de reabilitação.

 Ele deve pagar uma indenização de £150 ao Sr. Corbyn e £100 à Sra. Alvarez, que será deduzida a cada quinze dias de seus auxílios governamentais.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X