Connect with us

América Latina

Peru: governo já gastou equivalente a 46 mil reais com bolos e cupcakes durante a pandemia no país

Com escândalo semelhante ao do Brasil, o portal Transparência peruano também contabilizou compras de calçados, televisores, entre outros.

Karla Burgoa

Published

on

brown cupcake with pink icing macro photographyu

Há dois meses no poder, o governo interino de Francisco Sagasti gastou mais de 46 mil reais em bolos e cupcakes. As informações são do Portal Transparência do Estado, em dezembro. De acordo com dados registrados no site, a presidência de Francisco Sagasti fez uma série de despesas que nada tinham a ver com a prevenção da pandemia do coronavírus.

A informação publicada no Sucesos.pe revelou que, no início da segunda onda de covid-19, foi emitida a ordem de serviço n.º 618 para a compra de bolos e cupcakes no valor de R$ 46.383,63 (S/ 31.419,63 – Novo sol é a moeda local do país).

Além disso, outros gastos foram registrados, como compra de calçados para homens e mulheres que trabalham em escritório pelo valor de 5.117. (S/ 3.470) .

Também foi emitida a ordem de serviço nº 637 para compra de mármore e vidro que somaram um valor de 25.100,31 (S/ 17.020). Além disso, 50.196,84 (S/ 34.037,44) foram gastos em equipamentos de áudio para a central de comunicações, em meio a uma crise econômica e de saúde que o país andino está passando.

Outro serviço que não foi poupado é o aluguel de uma copiadora para a presidência. Somente em dezembro, por meio de dois pedidos, 20.977,00 (S / 14.224.07) e 21.373,65 (S/ 14.493,03) foram pagos por este serviço. No total: 42.351,04 (S/ 28.717,37) em um mês.

Como se a lista não fosse mais longa, apesar de o Palácio do Governo já contar com um grupo de comunicadores e uma assessoria de comunicação, Sagasti contratou – somente em dezembro – sete especialistas em comunicação: um especialista para desenvolver a estratégia de comunicação, um especialista em mídias sociais e execução de campanha digital, três em fotografia , um em edição e envio de press releases e outro em protocolo. O valor total é de 73.7377 (S / 50.000 .)

 Ministério Público irá investigar gastos

O Ministério Público do Peru anunciou nesta quarta-feira (27) que iniciou uma investigação preliminar sobre as compras realizadas (bolos, cupcakes e calçados) pelo Gabinete de Recursos Humanos da Presidência da República de Francisco Sagasti.

A promotora provincial Janny Pilar Sánchez-Porturas Ganoza, da Terceira Promotoria Especializada em Crimes de Corrupção de Funcionários de Lima, estará a cargo da investigação dos responsáveis ​​pelo suposto crime contra a administração pública e terá um prazo de 60 dias para realizar a investigação preliminar, podendo este prazo ser prorrogado se necessário.

Para ver mais informações, acesse o site do Portal da Transparência

Com Informações de Expreso

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X