Connect with us

Ásia

Japão enfrenta dificuldades no processo de vacinação a tempo das Olimpíadas

O país poderá ser prejudicado pela falta de recipientes, gelo seco entre outros problemas.

Isabela Afonso

Published

on

A vacinação contra o coronavírus no Japão enfrenta obstáculos logísticos que, segundo especialistas e autoridades, podem atrasar ainda mais o processo de imunização em larga escala no país a tempo para as Olimpíadas.

Os profissionais de saúde devem ser vacinados apenas no final de fevereiro, o que deixa somente 145 dias até o começo dos Jogos, no dia 23 de julho. Sendo assim, o Japão deverá entregar cerca de 870 mil injeções por dia para inocular metade de sua população até lá.

Koji Wada, conselheiro do governo japonês sobre questões relacionadas à COVID-19, disse à Reuters que “o plano do governo coloca grande responsabilidade nos municípios para a distribuição das vacinas”. Regiões metropolitanas, como Tóquio, podem ter uma boa infraestrutura para esse momento, em contrapartida as regiões mais afastadas e rurais podem sofrer com essa situação.

Além disso, as empresas que transportam medicamentos dizem que podem não haver recipientes especializados em quantidade suficiente para transportar a vacina da Pfizer Inc, que deve ser armazenada a 75 graus Celsius negativos.

A vacina da Pfizer é a única a ser usada no Japão até o momento, foram compradas doses suficientes para 72 milhões de pessoas, mais da metade de sua população. O governo também adquiriu cerca de 20.000 refrigeradores especiais e está terceirizando grandes quantidades de gelo seco para seu transporte

Somado a problemas de infraestrutura, o país ainda se encontra com uma equipe médica exausta, já que vem enfrentando uma terceira onda mortal de infecções pelo novo coronavírus, e que precisará ser mobilizada para dar vacinas com um imunizante ainda não aprovado nacionalmente. 

O Japão também contratou centenas de milhões de doses de vacina a mais de vários fabricantes estrangeiros, mas essas doses não serão mobilizadas por meses, o que tem aumentado a incerteza sobre um novo adiamento das Olimpíadas no país, uma solução aparentemente melhor para o atual cenário.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista e comunicadora, Isabela é apaixonada por jornalismo, política e bons livros. Atualmente, é mestranda em Comunicação e Consumo pela ESPM-SP.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X