Connect with us

América Latina

Uruguai anuncia acordo com vacinas da Pfizer e Sinovac

O Uruguai era um dos dois países sul-americanos, com o Paraguai, que ainda não havia anunciado a compra de vacinas com nenhum laboratório

Karla Burgoa

Published

on

O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, anunciou na última quinta-feira (21) que seu governo fechou acordo com as vacinas Pfizer/BioNTech e a chinesa Sinovac para começar o quanto antes com a campanha de vacinação contra COVID-19 no país, que atualmente vive um aumento alarmante de casos e fechou suas fronteiras para evitar a propagação do coronavírus.

“O governo acaba de fechar acordo com a Pfizer e a Sinovac para o fornecimento de vacinas ao nosso país. Ao mesmo tempo estamos negociando a compra de mais vacinas com outros fornecedores”, revelou Lacalle Pou por meio de sua conta no Twitter e acrescentou que mais informações ainda serão fornecidas.

O Uruguai era um dos dois países sul-americanos, com o Paraguai, que ainda não havia anunciado a compra de vacinas com nenhum laboratório, embora o executivo da Lacalle Pou tivesse adiantado que estava em negociações com vários laboratórios e que não poderia revelar mais detalhes devido a confidencialidade.

O presidente uruguaio convocou seu gabinete para um Conselho de Ministros na próxima semana, embora um anúncio anterior confirmando mais detalhes sobre o plano de vacinação não esteja descartado.

Na sexta-feira (22), o Uruguai bateu seu recorde diário com 17 mortes por covid-19 em um dia em que foram registrados 1.186 novos casos, que alcançou a cifra de 8.091 ativos, segundo o Sistema Nacional de Emergências (Sinae). De acordo com os últimos dados divulgados, o país registrou 367 mortes por covid-19.

*com informações do Ministerio de Salud Publica e Telesur

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X