Connect with us

América do norte

Guarda Nacional tem surto de covid-19 após ser mobilizada para assegurar o Capitólio

Foram mobilizados 25 mil soldados da Guarda Nacional para garantir a segurança do Capitólio após a invasão do dia 6. Agora, a preocupação é que a aglomeração possa ter causado um surto de covid-19

Ady Ferrer

Published

on

Centenas de soldados da Guarda Nacional estão com covid-19 ou com suspeita depois de serem mobilizados para Washington, D.C., para fazer a segurança do Capitólio. Foram mobilizados 25 mil soldados após a invasão no dia 6 de janeiro.

A liderança da Guarda se recusou a disponibilizar os números de quantos soldados testaram positivo ou estão em quarentena em hotéis próximos ao Capitólio, mas há uma preocupação que a aglomeração gerada pela mobilização das tropas possa ter desencadeado um surto da doença.

Ontem à noite, 21, jornais flagaram soldados dormindo nas garagens do Capitólio, após serem mandados desocupar os prédios do congresso. O Senador Chris Murphy disse que conversou com o Chefe de Polícia do Capitólio, que negou a ordem.

Alguns soldados devem continuar em Washington, D.C., até, pelo menos, março. Murphy afirmou que a prioridade é garantir quartos de hotéis para que os soldados possam descansar de forma confortável. Uma investigação no Senado foi aberta para analisar o caso.

*Com informações do POLITICO

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X