Connect with us

América Latina

Equador recebe primeiro lote de vacinas contra a covid-19 nesta quarta

96 hospitais fazem parte do plano de vacinação, que tem previsão para iniciar nesta quinta-feira (21)

Karla Burgoa

Published

on

As primeiras vacinas contra o COVID-19, da farmacêutica Pfizer, chegaram ao Equador na tarde desta quarta-feira (20) por via aérea, informou o Ministério da Saúde em nota divulgada. A previsão é que o avião com as doses da vacina chegasse às 16 horas (horário local), mas acabou aterrizando 50 minutos antes no aeroporto internacional de Quito.

As primeiras 8.000 doses da vacina da Pfizer foram recebidas pelos profissionais da linha de frente. O plano piloto de vacinação contra a Covid-19 no Equador terá início em 21 de janeiro de 2021, e segundo o Ministério da Saúde, as primeiras doses serão aplicadas no Hospital Pablo Arturo Suárez, em Quito; no Hospital del Guasmo, em Guayaquil; e no Vicente Corral Moscoso, em Cuenca.

O ministro Juan Carlos Zevallos prevê que nas próximas três semanas cheguem ao país mais 86 mil doses, que serão distribuídas em 96 hospitais de 44 cantões.

Zevallos acrescentou que as primeiras pessoas a receberem a vacina são médicos, enfermeiras, auxiliares de enfermagem e pessoal de limpeza. “No Hospital de Especialidades Manabí, 299 pessoas serão vacinadas. Em Pablo Arturo Suárez, 138 servidores. Em Vicente Corral Moscoso serão 108 e em Guasmo Sur, 108 pessoas ”, relatou ao portal Primicias.

O Ministério da Saúde prevê que cheguem ao país entre dois e quatro milhões de doses até maio de 2021 para o início da vacinação em massa, que está prevista para iniciar em março. O investimento que o Governo fará para adquirir as 18 milhões de doses é de US $200 milhões.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X