Connect with us

América Latina

Colômbia: 12 lideranças sociais foram assassinadas nos primeiros 20 dias de 2021

Mais de 1.120 líderes sociais e ativistas dos direitos humanos foram assassinados no país desde o acordo de paz estabelecido em 2016.

Karla Burgoa

Published

on

Doze ativistas sociais foram assassinados na Colômbia nos primeiros dias de 2021, de acordo com informações divulgadas pela ONG Indepaz. Mais de 1.120 líderes sociais e ativistas dos direitos humanos foram assassinados no país desde o acordo de paz estabelecido em 2016.

A ativista social e política do município de Cáceres, no departamento colombiano de Antioquia, Linda Patricia Díaz Romero, foi assassinada na última terça-feira (19) pelas mãos de homens armados.

Gustavo Enrique Mestre, ativista político e defensor dos direitos humanos, confirmou o assassinato de Díaz Romero em mensagem por sua rede social:

“Justica! Eles estão nos matando | No dia 19 de janeiro de 2021 por volta das 21h00, homens armados assassinaram a Líder Social e Política LINDA PATRICIA DÍAZ ROMERO, Candidata à Câmara Municipal de Cáceres pelo @partidodelaucol 2015 e reconhecida trabalhadora de várias IES.“”, declarou

Linda Patricia foi candidata à Câmara Municipal de Cáceres pelo Partido da Unidade nas eleições regionais de 2015, bem como foi funcionária reconhecida pelas Instituições de Ensino Superior (IES).

Sua morte adiciona mais uma vítima à longa lista de mais de 1.100 assassinatos de líderes sociais na Colômbia desde a assinatura do Acordo de Paz.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X