Connect with us

Brasil

Relato de um fiscal do ENEM: “A relação que recebemos tinha em média 29 pessoas por sala, porém as salas só tinham 15 cadeiras”

“Eu percebi alguns coordenadores citando que o Inep iria entrar em contato, mas não tinha nenhuma informação concreta sobre quando vai ser essa prova. Alguns coordenadores chegaram a dizer fevereiro”

Ady Ferrer

Published

on

Filipe Bezerra foi fiscal da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) na UFSC, em Florianópolis. Durante a preparação dos colaboradores, em torno de 3 horas antes da aplicação da prova, veio a orientação que deixou estudantes revoltados.

“A informação passada foi de que as salas só comportariam o número de participantes de acordo com o número de cadeiras que estivessem na sala. A relação que recebemos tinha em média por sala 29 participantes, porém as salas só tinham 15 cadeiras disponíveis” – conta.

Ou seja, os 15 primeiros a chegarem no local fariam a prova. Estudantes que chegaram antes do horário do fechamento dos portões (13h) foram barrados com a explicação de lotação máxima, mas não foram informados anteriormente da decisão.

“Eu percebi alguns coordenadores citando que o Inep iria entrar em contato, mas não tinha nenhuma informação concreta sobre quando vai ser essa prova. Alguns coordenadores chegaram a dizer fevereiro”

#AdiaEnem e #CancelaEnem

Durante o último mês, estudantes e movimentos sociais vinham pressionando o Governo Federal e o Ministério da Educação para adiar a prova, já que a pandemia vem piorando na maior parte dos estados brasileiros. O diretor do Inep responsável pela aplicação do Enem, Carlos Roberto Pinto de Souza, morreu na segunda-feira, 11, de covid-19 – aumentando ainda mais a pressão para adiar novamente. No entanto, a batalha judicial acabou decidindo pela realização na prova.

No dia anterior, a Defensoria Pública da União alertou que o Inep havia mentido sobre a capacidade máxima nas salas de aplicação. Segundo o próprio DP, o órgão prometeu 50% de lotação, mas na verdade as salas estariam com 80%.

No dia da prova, a hashtag #CancelaEnem começou a ser levantada à medida que os estudantes foram relatando que foram impedidos de fazer a prova. O Inep afirma que o problema aconteceu apenas em 11 das 14.447 salas e considera a aplicação da prova “algo vitorioso”

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X