Connect with us

América Latina

Na Bolívia, policiais vão responder por delitos contra a Whipala, bandeira símbolo dos povos andinos

Em 2019, radicais religiosos e policiais apelaram ao discurso de intolerância e racismo, e queimaram símbolos andinos em manifestações.

Karla Burgoa

Published

on

O vice-ministro de Descolonização e Despatriarcalização, Pelagio Condori, anunciou hoje (18) que será iniciado um processo penal contra 26 policiais identificados como autores do delito contra a whipala, símbolo oficial do país, durante manifestações de ódio que tiraram o ex presidente Evo Morales do poder, no golpe de estado de 2019.

Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira, o vice-ministro informou que os policiais que cortaram o wiphala de seus uniformes entre 10 e 11 de novembro de 2019 foram identificados e que a denúncia será dirigida ao Ministério Público da Polícia, por infracções disciplinares graves.

Em uma variedade de vídeos publicados nas redes sociais, vê-se como, sob o lema “Agora é quando a República da Bolívia retoma o comando!”, Policiais cortam com uma tesoura a wiphala que estava presa ao uniforme ao lado de a bandeira tricolor.

A denúncia será feita, declarou Condori, “anexando provas, vídeos, fotografias que denotam claramente que essas pessoas cometeram infrações disciplinares”.

Entre as infrações cometidas estão: ter agido em atos públicos em que foram desonrados os símbolos nacionais usados ​​pela instituição policial e nos uniformes de seus oficiais, ter se manifestado publicamente contra a lei e ir contra o regulamento disciplinar da polícia, tendo tornado pública sua militância política na ativa e de uniforme; Eles também são acusados ​​de ter instigado protestos e tumultos durante o serviço ativo. Eles também serão processados ​​por cometer ataques físicos por motivos racistas e discriminatórios.

Ele ressaltou que a ação não é contra a instituição policial, que segundo ele merece o devido respeito, mas que os uniformizados que cometeram as referidas transgressões serão processados.

A Whipala é um símbolo de identificação cultural dos povos dos andes, representando a unidade, a solidariedade e a harmonia entre as diferentes nações encontradas na região. Durante o golpe, passou a ser atacada por setores golpistas de raiz racista, colonial e fundamentalista cristão.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X