Connect with us

América Latina

Casos de covid-19 triplicam no Peru. País sofre com UTIs lotadas

O reitor da Faculdade de Medicina do Peru, Miguel Palacios, informou em reportagem ao portal Caretas, que o aumento de casos ocorreu entre os dias 5 e 7 de janeiro, o que seria consequência das ações realizadas pela população em torno do Natal e Ano Novo.

Karla Burgoa

Published

on

face mask on blue background

Em janeiro, os casos positivos de COVID-19 no Peru triplicaram, e nesta sexta-feira (15), foi registrado 1.553 pacientes com Covid-19 em estado crítico e com respiração assistida estavam cadastrados nas UTIs dos hospitais no país andino, que enfrenta segundo colapso em 6 meses.

Nos primeiros dias de 2021, o país já enfrenta uma segunda onda de casos, principalmente nos primeiros dias do ano, onde houve uma curva muito acentuada no aumento das infecções. Segundo dados, nos dias 1º e 2 de janeiro foram registrados 900 casos positivos e, entre 11 e 12 deste mês, triplicaram para 2.881.

O reitor da Faculdade de Medicina do Peru, Miguel Palacios, informou em reportagem ao portal Caretas, que o aumento de casos ocorreu entre os dias 5 e 7 de janeiro, o que seria consequência das ações realizadas pela população em torno do Natal e Ano Novo.

Nesse contexto, Palacios responsabilizou o Executivo, o Ministério da Saúde (Minsa) e os próprios cidadãos pela atual situação que o país atravessa com o início da Segunda Onda.

Por outro lado, Patricia García, Epidemiologista e ex-Ministra da Saúde, indicou que os casos continuarão aumentando e alertou que aproximadamente 60% das pessoas no Peru são suscetíveis ao vírus. Da mesma forma, questionou porque a região metropolitana de Lima não foi incluída na zona de alerta de muito alto risco, permanecendo apenas em alto risco; apesar do aumento de casos ser constante.

Ao mesmo tempo, o infectologista Leslie Soto expressou sua preocupação de que a Segunda Onda fosse mais contagiosa, tendo um alto índice de reinserções. Ele garantiu que aqueles que foram infectados em julho e agosto não teriam mais defesas.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X