Connect with us

Brasil

Pazuello tornou público o quão despreparados são nossos militares

Pazuello, que segundo o presidente era um especialista em logística, conseguiu protagonizar uma série de trapalhadas.

Cleber Lourenço

Published

on

O presidente Jair Bolsonaro e o general Eduardo Pazuello destruíram em menos de um ano, mais de vinte anos de esforço das Forças Armadas para recuperar credibilidade junto à opinião pública e trouxeram à tona um fato, os impostos para sustenta-lós são dinheiro jogado no lixo.

Pazuello, que segundo o presidente era um especialista em logística, conseguiu protagonizar uma série de trapalhadas.

  • Um dos aviões de carga par atender o páis durante a crise, está em um treinamento nos EUA;
  • Na semana passada o governo aumentou os impostos de produtos como os cilindros de oxigênio;
  • Ignorou alertas e avisos das fornecedoras sobre o desabastecimento de oxigênio em Manaus;
  • E ainda mobilizou dinheiro, esforços e pessoal para uma intentona maluca pela Índia, atrás de uma vacina que o país informou reiteradamente que não poderia fornecer.

Desde a incapacidade em conseguir agulhas e seringas para a vacinação da população, até o estabelecimento de políticas públicas ou distribuição de recursos e insumos para o tratamento e combate à pandemia, o ministro conseguiu falhar em todos os aspectos e obrigações sob a sua responsabilidade.

Não é por menos que recebeu o apelido de “despachante”. Não faz nada além do que obedecer os desmandos do presidente.

O mais escandaloso não é nem a latente inabilidade do ministro, mas sim, o fato de ser um general do exercito brasileiro que não possui a capacidade de fazer qualquer manobra logística simples.

Dados do Tesouro nacional indicam que o país gasta quase 30 bilhões de reais com os militares, seja o pessoal na reserva ou na ativa e os custos envolvem inclusive a formação dos militares. Porém, onde está a formação do general que não consegue desenvolver a mais simplória das estratégias para combater a pandemia?

E não é só ele, no ano passado, o também general Augusto Heleno, Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional divulgou seu RG e CPF numa Rede com mais de 500 milhões de pessoas. Sim, o homem que comanda a Agencia Brasileira de Inteligência que recentemente teve dados de seus agentes expostos por uma falha em seu sindicato.

Esses são os nosso militares? É para isso que o Estado brasileiro gasta seus recursos? Qual é a formação que estes militares recebem para agirem de maneira completamente inapta com as suas funções?

A escolha dos militarem em entrar na política foi desastrosa para o Brasil, mas mais ainda para os Militares que revelaram aos brasileiros a deficiente formação que se submetem e o gasto de dinheiro público que são os militares.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Nada é mais importante para a democracia do que um eleitorado bem informado. Apaixonado por jornalismo e política. Textos publicados em: Revista Forum, Congresso em Foco e no UOL (pelo blog Entendendo Bolsonaro)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X