Connect with us

América do norte

Trump planejava entrar no Parler como “Pessoa X”, afirma CEO da rede social

John Matze também afirmou que o Parler corre risco de nunca mais voltar

Ady Ferrer

Published

on

O CEO do Parler, John Matze, entrou com mais um processo contra a Amazon após a empresa banir o aplicativo dos seus servidores. No processo, ele cita a intenção do futuro ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de entrar na rede social.

O Parler já tinha entrado com um processo de anti-truste no início dessa semana. Em resposta, a Amazon afirmou que alertou a rede social diversas vezes pelo conteúdo violento. Segundo Matze, um representante da empresa sabia desde outubro dos planos de Donald Trump de fazer parte da rede social.

“[Nome preservado] que é um apoiador de Joe Biden, foi um representante da AWS [Amazon Web Services] atribuído a mim pela AWS, e estava ciente desde pelo menos 11 de outubro de 2020, que Trump estava considerando mudar para o Parler através do pseudônimo ‘Pessoa x’” – escreveu Matze

John Matze atribui a quebra de contratado pelo desejo de negar uma plataforma de rede social a Trump. No processo, o CEO também afirma que há poucas possibilidades da rede voltar para a internet.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X