Connect with us

América Latina

Médicos peruanos começam greve por tempo indeterminado nesta quarta-feira

O porta-voz da entidade indicou que, apesar da greve, os médicos não deixarão de atender às áreas críticas dos hospitais.

Karla Burgoa

Published

on

blue and silver stetoscope

A Federação Médica Peruana (FMP), instituição que reúne profissionais de saúde do sistema público, iniciou uma greve nacional por tempo indeterminado nesta quarta-feira (13) em busca de melhorias no emprego no contexto da pandemia de Covid-19.

“Queremos que a população entenda (o motivo da greve). Não temos os insumos, não temos o pessoal, a logística; se não está na hora agora, o que vamos fazer? Sempre falta oxigênio, falta leito de UTI, falta equipamento de proteção individual, falta tudo “, disse Carlos Valderrama, porta-voz da CMP, ao jornal local Correo.

A FMP anunciou a medida de força desde dezembro, porém não chegou a acordo com o Governo, que também exige o aumento dos salários dos profissionais bem como o cumprimento do pagamento de gratificações extras para quem estiver no. primeira linha de combate à pandemia.

O porta-voz da entidade indicou que, apesar da greve, os médicos não deixarão de atender às áreas críticas dos hospitais.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista boliviana, periodista potiguar. Formada pela UFRN, já trabalhou com telejornalismo diário e rádio, e atualmente, busca por meio da escrita, contribuir por uma mídia brasileira que enxergue a América Latina além dos esteriótipos

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X