Connect with us

América do norte

Mulher com bandeira “não pise em mim”, morreu pisoteada no Capitólio

No início da manifestação, Boyland tirou uma foto com a famosa bandeira Libertária – a da cobra com a frase: “Don’t Tread on Me”, que em português significa: “Não pise em mim”.

Cleber Lourenço

Published

on

Rosanne Boyland, 34 anos, da Geórgia, foi uma dos quatro seguidores de Donald Trump que morreram na invasão do Capitólio.

De acordo com sua família, ela era fanática por Trump e acreditava nas teorias do QAnon. Boyland foi pisoteada até a morte por outros trumpistas durante a correria.

No início da manifestação/ato terrorista, Boyland tirou uma foto com a famosa bandeira Libertária – a da cobra com a frase: “Don’t Tread on Me”, que em português significa: “Não pise em mim”.

Horas depois foi dada como morta, causa da morte? Pisoteada enquanto segurava a bandeira: “Não pise em mim”

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Nada é mais importante para a democracia do que um eleitorado bem informado. Apaixonado por jornalismo e política. Textos publicados em: Revista Forum, Congresso em Foco e no UOL (pelo blog Entendendo Bolsonaro)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X