Não era um Viking: era um neonazista roubando símbolos, como sempre

Utilizar peles e chifres vai muito além de passar a imagem de virilidade masculina e vikings.