Connect with us

América do norte

Trump estaria planejando ir para Escócia, antes da posse de Biden

As especulações em torno dos planos de Trump foram alimentadas pela atividade de aeronaves do Exército dos EUA, que estavam baseadas no aeroporto de Prestwick por uma semana

Nathália Urban

Published

on

road people woman street

O aeroporto de Prestwick, na Escócia, deve esperar a chegada de um Boeing 757 militar dos EUA, ocasionalmente usado por Trump, no dia 19 de janeiro – um dia antes de seu rival democrata, Joe Biden assumir o comando da Casa Branca.

As especulações em torno dos planos de Trump foram alimentadas pela atividade de aeronaves do Exército dos EUA, que estavam baseadas no aeroporto de Prestwick por uma semana e que estavam realizando um reconhecimento 3D do resort de propriedade do presidente, em Turnberry.

Fontes em Prestwick disseram que dois aviões militares de vigilância dos EUA estavam sobrevoando o resort de Trump em novembro, usando o centro de aviação de Ayrshire como base. A mídia dos EUA informou que Trump romperá com a tradição e desprezará a posse do presidente Joe Biden em 20 de janeiro, ao invés de anunciar uma candidatura à reeleição do Força Aérea Um.
As aeronaves usadas pelo presidente, pela primeira-dama e pelo vice-presidente recebem um indicativo de chamada especial dos EUA, em vez de um número de cauda, para facilitar o tratamento especial dos controladores de tráfego aéreo.

Cada avião em que Trump voa tem um indicativo de chamada especial, incluindo seu próprio Boeing 757 pessoal, que possui o indicativo de chamada Tyson 1.

Os controladores de tráfego aéreo recebem detalhes da chegada de um avião com um indicativo especial dos EUA com semanas de antecedência, mas não são informados exatamente de qual avião quando a reserva é feita. Uma fonte anônima no aeroporto de Prestwick, disse: “Há uma reserva para uma versão militar americana do Boeing 757 em 19 de janeiro, um dia antes da inauguração. É o que normalmente é usado pelo vice-presidente, mas frequentemente usado pela primeira-dama. Os voos presidenciais tendem a ser reservados com muita antecedência, devido ao trabalho que deve ser feito em torno disso ”.

Fontes do aeroporto disseram que aviões de vigilância parecem estabelecer as bases para a chegada de Trump em novembro. Um MC-12W Liberty – uma versão da Força Aérea dos EUA do King Air 350ER, que é modificado para a função de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento (ISR) – pousou em Prestwick em 12 de novembro. Ele fez vários voos sobre o Trump Resort Turnberry.

Outra aeronave do Exército dos EUA que visitou o aeroporto em 12 de novembro também realizou voos de vigilância sobre Trump Resort Turnberry.

Uma fonte disse: “A aeronave de pesquisa ficou estacionada no aeroporto decPrestwick por cerca de uma semana. Geralmente é um sinal de que Trump estará em algum lugar por um longo período. ”

Alguns meios de comunicação nos EUA especularam que Trump iria anunciar uma candidatura à reeleição em 2024 durante um vôo em um dos aviões oficiais do Força Aérea Um do presidente no dia da inauguração.

Oficialmente, o porta-voz da Casa Branca Judd Deere disse que Trump não finalizou seus planos para o dia da posse.

Se Trump voar para a Escócia, ele pode estar violando as restrições do coronavírus. O Trump Turnberry está efetivamente fechado até 5 de fevereiro devido às regras nacionais de restrição, de acordo com o próprio site do resort.

O governo escocês disse que o Ministério das Relações Exteriores do Reino Unido é responsável pelo planejamento das visitas presidenciais. O Transport Scotland disse: “Esta é uma questão operacional para o próprio aeroporto”.

O aeroporto de Prestwick e o Ministério das Relações Exteriores não comentaram.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Após rumores de fuga, governo escocês quer banir Donald Trump do Reino Unido | Fonte [BR] - A embaixada das notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X