Connect with us

América do norte

Atentado de Nashville: 10 dias depois, polícia vê ligação com o Qanon

O atentado suicida que sacudiu o centro da capital do Tennessee pode ser um dos maiores ataques por terroristas domésticos fanáticos por teorias de conspiração como o QAnon

Ady Ferrer

Published

on

Na manhã do dia 25 de dezembro, a capital do Tennessee, Nashville, foi sacudida com uma explosão. Os detalhes desse dia já relatamos aqui. Três pessoas ficaram feridas levemente e apenas o autor morreu. O terrorista foi identificado como Anthony Quinn Warner, homem branco de 63 anos. Sua foto foi divulgada no dia 29.

Já no dia seguinte à explosão, a mídia dos Estados Unidos começou a divulgar a relação entre Warner e teorias da conspiração ligadas ao QAnon. Entre elas, a paranoia de que a tecnologia 5G foi desenvolvida para espionar norte-americanos.

Fontes ouvidas pelo The Daily Mail dizem que o pai de Anthony trabalhou para a BellSouth, empresa que se fundiu à AT&T em 2006. Seu pai, Charles B. Warner, morreu em 2011 com demência. Anthony também se aposentou no ramo, como consultor de tecnologias da informação. A RV explodiu em frente a uma filial da AT&T e afetou as comunicações na cidade.  Ainda segundo a fonte, a polícia está procurando pegadas digitais que possam esclarecer algumas dúvidas.

“O motivo não oficial até agora é que o suspeito acreditava que o 5G é a raiz de todas as mortes na região e que ele seria saudado como herói” – disse.

The New York Times afirmou que Anthony teria dito à sua ex-namorada que estava com câncer. A polícia já tinha descoberto que Quinn transferiu à ex, Michelle Swing, a casa em que morava.

Em 2019, uma namorada de Quinn teria alertado as autoridades que ele estava construindo bombas dentro de uma RV estacionada na garagem de sua casa. Oficiais teriam ido até o local e não encontraram nenhuma evidência de crime. Também foi determinado que a namorada fosse levada a um hospital para avaliação psicológica. Mesmo assim, Quinn não estava no radar da polícia até o atentado.

Outra teoria que Anthony Quinn Warner supostamente acreditava é que reptilianos, uma espécie de alienígenas semelhantes à lagartos, estão dominando o planeta. Entre as pessoas que acredita-se serem, na verdade, alienígenas, está a família Obama e a família Clinton. Investigadores também estão analisando um local no Tennessee onde Quinn iria supostamente caçar alienígenas. A RV que explodiu era utilizada para essa viagem.

A investigação deve terminar ainda essa semana, mas o FBI acredita que deva levar mais algumas semanas para determinar oficialmente o motivo do terrorista.

MAIS UM CAPÍTULO

Na noite de ano novo, pessoas que conheciam Anthony Quinn Warner começaram a receber encomendas enviadas pelo terrorista no dia 23 de dezembro. O pacote continha nove páginas escritas e dois pendrives. As cartas são assinadas por “Julio”, nome que Warner utilizava no final de seus e-mails – e seria o nome de seu cachorro.

“Ei, cara, você nunca vai acreditar no que eu achei no parque. O conhecimento que eu venho ganhado é imensurável. Eu agora entendo tudo, e eu digo tudo desde quem/o que eles realmente são, até o que o universo conhecido realmente é” – estava escrito na primeira página.

Em outra página, Warner escreveu sobre como ele acreditava que o atentado de 11 de setembro foi o começo dos ataques de alienígenas à Terra e que a mídia tradicional estaria acobertando. Nas cartas, Warner também cita os reptilianos, mas não a empresa AT&T.

O FBI confirmou que o suspeito enviado material para várias pessoas e pediu que esse material seja entregue o mais rápido possível para as autoridades.

QANON

O movimento QAnon vem crescendo dentro dos Estados Unidos e organizando manifestações contrárias à vacinação e a tecnologia do 5G. A teoria principal é que há um deep state, ou um estado secreto, dominado por satanistas e pedófilos e Donald Trump seria o salvador.

“Acreditar em uma teoria da conspiração pode abrir portas para muitas outras, e a linha entre as narrativas de anti-confinamento, anti-5G e o QAnon é, até certo ponto, nublado” – afirma David Lawrence, pesquisador da organização Hope not Hate.

Os adeptos ao Q vão além e associam a nova tecnologia 5G com a pandemia da covid-19. Segundo eles, a vacina chinesa pretende implantar nanochips para monitorar e controlar a população através do sistema.

O FBI já reconheceu o QAnon como provável fonte de terrorismo doméstico. Caso fique provado a ligação de Anthony Quinn Warner com a teoria, esse seria um dos maiores atentados já feitos por adeptos de teorias da conspiração nos Estados Unidos.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X