Connect with us

Brasil

Após 2 anos, oposição ainda não sabe ser oposição

Nenhuma exigência concreta quanto o auxílio emergencial, investimento do estado, políticas de geração de renda e emprego. Ficou tudo no campo etéreo do “garantir direitos”.

Cleber Lourenço

Published

on

É verdade, na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados a esquerda não tem força para ganhar essa. É inevitável ter que escolher apoiar o deputado Baleia Rossi, para não acabar dando a vitória para Arthur Lira (candidato do bolsonarismo) sem muito esforço.

É complexo já que o deputado Baleia Rossi (MDB)  seguiu o governo Bolsonaro em 90% das votações nominais da Casa. De qualquer maneira, a proximidade com Rodrigo Maia (DEM) lhe confere um ar de “oposição” ao governo.

É nesse contexto que partidos progressistas (leia-se: PT, PSB, PDT e PCdoB) declararam apoio ao deputado Baleia Rossi com uma carta de compromisso destinada ao candidato. Uma carta que infelizmente serviu de atestado para mostrar que a oposição, ainda não sabe fazer oposição.

Nenhuma exigência quanto o auxílio emergencial, investimento do estado, políticas de geração de renda e emprego. Ficou tudo no campo etéreo do “garantir direitos”.

E é claro que a cartinha de boas intenções do governo virou um prato foi celebrada por boa parte da imprensa, afinal de contas, uma esquerda sem cara de esquerda é o fundamental para a pavimentação da acalmada “frente ampla” contra Jair Bolsonaro em 2022.

Mais mercado e menos segurança social.

Acontece que se a esquerda se envergonha de suas raízes. Há quem dentro da própria direita capitalize essas pautas, como o deputado federal André Janones (AVANTE), filiado em um partido de direita ganhou destaque nas redes com a defesa enfática de pautas que ficam entorno da seguridade social, como renda mínima, geração de empregos e renda e – é claro – a vacinação da população.

As pessoas querem resolver problemas práticos de sua vida. Não é por menos que Janones conquistou em 2020 o posto de ter os posts mais compartilhados do mundo no Facebook. Mais de 500 mil pessoas interagiram, muitas delas buscando ajuda, querendo saber como faria pra receber Bolsa Família, por exemplo.

Pergunto: desde 1° de janeiro de 2019, quais dificuldades a oposição impôs ao governo? Todas as vezes em que Jair Bolsonaro ficou “por um fio” foram por obra de seus filho, da sua própria base ao até dele mesmo.

Para a oposição restaram alguns vídeos “lacradores” nas redes sociais e alguns memes, infelizmente.

E agora nas eleições do Congresso Nacional, assumem uma papel de figurantes. Não estou defendendo que tenham uma candidatura própria (não teriam força pra isso), mas que fossem mais enfáticos em marcar posição (ou oposição).

Ocuparam o posto de “Robin” (assistente do herói Batman), cujo ninguém nunca sabe o nome.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Nada é mais importante para a democracia do que um eleitorado bem informado. Apaixonado por jornalismo e política. Textos publicados em: Revista Forum, Congresso em Foco e no UOL (pelo blog Entendendo Bolsonaro)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X