Connect with us

Europa

Extrema direita Alemã fortalece o coronavírus em regiões possui que influência

Nas regiões mais atingidas de Bautzen ou Görlitz, onde uma em cada quatro pessoas votou no AfD, as taxas de incidência estão agora acima de 600 por 100.000 pessoas – mais de três vezes a taxa nacional de 179.

Cleber Lourenço

Published

on

Segundo um levantamento da revista alemã, Katapult, os locais com mais casos de Covid na Alemanha são também as regiões em que o partido de extrema direita Alternativa para a Alemanha (AfD em alemão) é mais forte.

Recentemente, movimentos e expoentes da extrema do mundo todo adotaram um posicionamento antivacinação e até mesmo negacionista da pandemia.

Eles afirmam que a doença que já matou quase dois milhões de pessoas no mundo todo é uma invenção da imprensa e que o uso de máscaras ou a adoção de medidas sanitárias seriam ensaios de um projeto autoritário que visa cercear a liberdade individual da sociedade no mundo todo.

Em um comício da Fork and Shovel em Mainz no dia 26 de setembro, Stefan Räpple, então um deputado do partido de extrema direita AfD no parlamento estadual de Baden-Württemberg, foi filmado fazendo um discurso pedindo uma insurreição violenta contra o uso de máscaras e contra o lockdown.

Em novembro, o deputado alemão Thomas Seitz, também do AfD, apareceu no Parlamento com uma máscara cheia de furos, para zombar das medidas de distanciamento. À época, disse que máscaras eram como “burcas”.

Thomas Seitz. Foto: reprodução

O partido de extrema direita nos últimos meses se opôs veementemente a medidas, incluindo o uso de máscaras ou limites de contato social, estabelecidas pelo governo da chanceler Angela Merkel para interromper a transmissão do vírus.

O co-líder da AfD, Alexander Gauland, acusou seu governo de ser uma “ditadura do corona”, enquanto alguns parlamentares da AfD marcharam ao lado de manifestantes que protestavam contra as medidas restritivas.

Nas regiões mais atingidas de Bautzen ou Görlitz, onde uma em cada quatro pessoas votou no AfD, as taxas de incidência estão agora acima de 600 por 100.000 pessoas – mais de três vezes a taxa nacional de 179.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Nada é mais importante para a democracia do que um eleitorado bem informado. Apaixonado por jornalismo e política. Textos publicados em: Revista Forum, Congresso em Foco e no UOL (pelo blog Entendendo Bolsonaro)

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X