Connect with us

América do norte

Processo multi-estatal acusa Google e Facebook de conspiração ilegal nos EUA

De acordo com o procurador-geral do Texas, Ken Paxton, outros estados também assinam o processo judicial.

Ady Ferrer

Published

on

O estado do Texas entrou com um processo contra Google por um “acordo ilegal” que teria dado privilégios para o Facebook no mercado de publicidade online. De acordo com o procurador-geral do Texas, Ken Paxton, outros estados também assinam o processo judicial.

O esquema teria começado em 2017, quando foi anunciado o Facebook Audience Network, que permitia empresas anunciarem seus produtos, suportando o “header bidding” – uma técnica que permite que vendedores ganhem por lances de diversas plataformas ao mesmo tempo. O Facebook faria concorrência direta ao Google Ads.

Mas, de acordo com a investigação, a intenção não era competir e sim que a Google os comprasse. Em setembro de 2018, entraram num acordo: os anunciantes usavam o Facebook Audience Network para dar lances pelo Google Ads, e a Google daria privilégios ao Facebook em leilões de ads.

O caso está amparado na Seção 1 da Sherman Act, ou Lei Sherman Antitruste, que torna ilegal que empresas façam acordos para restringiram o comércio. Ambas as empresas já respondem processos amparados na Seção 2 da mesma lei, que trata especificamente sobre monopólio.

Tanto o Facebook quanto a Google dizem que os acordos foram legais. A investigação está sob sigilo de justiça.

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Jornalista formada pela UCPel-RS, especialista em Relações Internacionais pela UnB e pós-graduanda em Cinema e Audiovisual pela Belas Artes de São Paulo. Podcaster no MIDcast política, #AdyNews e SulCast.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X