Connect with us

Europa

Terrorismo de extrema direita avança mais que outros tipos de terrorismo no mundo

O Índice Anual de Terrorismo Global (em inglês, GTI), publicado em novembro pelo Instituto de Economia e Paz (IEP), com sede na Austrália, aponta para um aumento de 709% nas mortes por “terrorismo motivado de extrema direita” nos últimos cinco anos

Cleber Lourenço

Published

on

Índice Anual de Terrorismo Global (em inglês, GTI), publicado em novembro pelo Instituto de Economia e Paz (IEP), com sede na Austrália, aponta para um aumento de 709% nas mortes por “terrorismo motivado de extrema direita” nos últimos cinco anos, enquanto mostra uma diminuição de 15% nas fatalidades de todas as outras formas de terrorismo, inclusive por radicais islâmicos, em 2019 em comparação com o ano anterior.  

Segundo o mesmo relatório: “Uma das tendências mais preocupantes nos últimos cinco anos é o aumento do terrorismo político de extrema direita, embora o número absoluto de ataques de extrema direita permaneça baixo quando comparado a outras formas de terrorismo”.

Aumento de atentatos terroristas de extrema direita no mundo

50% dos 332 ataques de extrema direita desde 2002 ocorreram nos Estados Unidos, seguidos pela Alemanha com 48 incidentes e Grã-Bretanha com 35. 

Além disso, desde 2014, América do Norte, Europa Ocidental, e Oceania, viram os ataques de extrema direita aumentarem 250% resultando em mais de 700 mortes.

Vale notar ressaltar que o terrorismo de extrema-direita geralmente é uma ação isolada, de indivíduos, diferente de outras formas de terrorismo que agem em grupos ou com o financiamento e planejamento de organizações como o ISIS. 

Ataques do IS em declínio 

O relatório do GTI também encontrou uma queda de 40% na letalidade dos ataques do EI em 2019 em comparação com o ano anterior, durante o qual o grupo terrorista matou mais de 1.500 pessoas. 

Esse declínio maior, em comparação com os ataques de outros grupos terroristas, é atribuído à perda do chamado califado do grupo, que cobria grande parte do Iraque e da Síria. 

Novas ameaças 

Steve Killelea, presidente executivo do IEP, fez um comunicado durante o lançamento do relatório onde ressalta que ‘à medida que entramos em uma nova década, estamos vendo novas ameaças de terrorismo emergirem’

Aproveitando o ensejo….
Aqui na Fonte BR, trabalhamos muito para entregar para vocês informações de qualidade amparadas unicamente na realidade dos fatos. Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você?
Clique aqui e seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo.

Nada é mais importante para a democracia do que um eleitorado bem informado. Apaixonado por jornalismo e política. Textos publicados em: Revista Forum, Congresso em Foco e no UOL (pelo blog Entendendo Bolsonaro)

Escolha a Fonte!

Que tal apoiar o jornalismo independente que fazemos para você? Seja um assinante. Fortaleça o bom jornalismo. 

X